Não é a propriedade do capital em si que beneficia os demais, mas a habilidade em empregar o capital de maneiras que criam valor para os consumidores. É por isso que reduzir impostos e o fardo regulatório para todos é tão importante: qualquer um pode aparecer com novas maneiras de criar valor, e potencialmente enriquecer a si mesmos e aos demais no processo.

Steven Horwitz

As leis de salário mínimo são comuns nos noticiários atualmente. Nova York, Califórnia e várias cidades dos Estados Unidos passaram recentemente leis para aumentar o salário mínimo para $15 por hora. Nesse contexto, é especialmente válido revisar os propósitos e os efeitos das leis de salário mínimo. Duas possíveis políticas estão diretamente relacionadas ao debate do salário mínimo: Se o governo deve assegurar que trabalhadores não…

Meu filho de 19 anos, Thomas – pelo qual eu tenho todo o orgulho que um pai pode ter de seu filho – é um astrofísico promissor. Seu interesse profissional reside puramente nas ciências exatas e na matemática. Mesmo assim, seu conhecimento de economia é profundo. (Sim, eu estou contando vantagem. Mas é considerado contar vantagem quando é verdade?) Thomas entende com naturalidade a inevitabilidade dos…

Já escrevi anteriormente que muitas nações europeias estão condenadas ao caos demográfico e ao caos fiscal, mas muita gente não se importa tanto com o futuro. Bernie Sanders, por exemplo, olha para nações como Dinamarca e Suécia de hoje e diz que os Estados Unidos deveriam copiar seus caros Estados do bem-estar social. Ele tem razão? Bom, depende dos parâmetros. Se, por qualquer razão, alguém estivesse…

O comércio tem enriquecido a humanidade oferecendo produtos cada vez melhores e mais baratos enquanto diminui drasticamente a pobreza global. O fim da pobreza extrema está, agora, à vista. Uma pesquisa recente da Gallup divulgou que 58% dos americanos enxergam o comércio como uma oportunidade, não como uma ameaça; e esta crença tem aumentado. No entanto, raramente ouvimos sobre os incríveis benefícios das trocas. As eleições…

Eu já argumentei anteriormente que direitos de propriedade privada são um componente vital de qualquer programa pró meio ambiente. Curiosamente, o Washington Post meio que concorda. Ao menos no que diz respeito às áreas de pesca. Em um editorial recente, reconheceu que o modelo coletivista atual não funciona. As áreas de pesca do mundo, que alimentam bilhões de pessoas, estão em profundo declínio. Os autores de…

Uma crença que ressalto repetidas vezes é que estamos em guerra – não uma guerra física, com troca de tiros, mas uma guerra capaz de se tornar tão destrutiva e custosa quanto. A batalha pela preservação e avanço da liberdade não é uma batalha contra personalidades, mas contra ideias opostas. O autor francês Victor Hugo declarou que “pode-se resistir à invasão de exércitos, não à invasão de ideias”.…

O socialismo está de volta à moda, principalmente entre jovens universitários americanos. Eles são jovens demais para se lembrarem da Guerra Fria, e poucos estudam história. Esse é, portanto, um bom momento para lembrar à geração Y o que o socialismo rendeu – especialmente em alguns dos países mais pobres do mundo. Aqueles de nós que se lembram do início da década de 80, sempre se…

Por que educação econômica importa? Não é preciso olhar além da crise econômica na Venezuela, onde o Washington Post reporta que a falta de comida está tão dramática que as pessoas estão atacando caminhões de comida que estão fazendo entregas. Tudo começou quando Hugo Chávez e seu sucessor, Nicolás Maduro, tentaram formular políticas públicas ignorando economia. No início, parecia funcionar: reservas enormes de petróleo ao longo…

Toda vez que há uma discussão sobre as nações nórdicas, eu me sinto confuso. Eu não gosto de impostos punitivamente altos e níveis de redistribuição social destrutivos em nações como a Dinamarca, mas eu admiro as políticas de laissez-faire que esses países têm em relação a regulamentação, comércio e direitos de propriedade. De fato, nesses últimos pontos, vale notar que as nações nórdicas são mais economicamente…

Em sua “Carta de uma prisão em Birmingham”, Martin Luther King Jr. identifica o Estado como inimigo dos direitos e dignidade dos negros. Ele foi preso por fazer um protesto sem permissão. King cita as injustiças da polícia e dos tribunais em particular. E ele inspirou um movimento para abrir a consciência pública contra a brutalidade do Estado, especialmente por envolver mangueiras de incêndio, cassetetes, e…

Um velho dito contra o livre-mercado é que ele aumenta o número de monopólios que usam o seu poder para explorar consumidores, não permite mobilidade social, e reprime inovações. Foi essa percepção que levou à “perseguição aos trustes” há um século, e continua movendo a política de caça aos monopólios na Comissão Federal do Comércio e no Departamento de Justiça. Mas, se você olhar pelo mundo…

Eu não me importo se é chamado de socialismo, fascismo, ou comunismo, estatismo é mau e destrutivo. Tomar parcialmente esse caminho com o “socialismo democrático” pode evitar a brutalidade, mas o resultado final ainda é a miséria econômica. Na esperança de provar o meu ponto, eu utilizo desde humor até análise teórica. Mas minha abordagem favorita, baseada em décadas de experiência em conversas individuais, discursos públicos…

Em um artigo recente no The Walrus, Jonathan Kay escreveu: Se a classe alta canadense achasse que o seu sustento como, digamos, advogados ou médicos fosse ameaçado por competidores completamente descredenciados, eles esperneariam horrores (em ambos os casos, de fato, os incumbentes já possuem guildas cuja única função é restringir a entrada de novos profissionais). Não é necessário mencionar que para se tornar um médico ou…

Na próxima vez que sair as compras, dê uma bisbilhotada na conversa entre o balconista e o cliente que estão à sua frente. Você provavelmente irá escutar o balconista dizer algo como “Obrigado por comprar na Acme” enquanto repassa o troco e os recibos. E os clientes? Frequentemente irão responder com outro “obrigado”. Não com um “de nada”, ou até mesmo “sem problemas”, mas com outro…

A grande jornalista, novelista e escritora de viagem do século XX, Martha Gellhorn, (1908 – 1998) estava bem familiarizada com guerras, fome e doença – que ela insistia em ver com seus próprios olhos. Em 1937, ela estava em Madrid e testemunhou o fim obscuro da guerra civil espanhola. Em 1938, ela estava em Praga quando milhares de Tchecos desalojados, que estavam escapando das Sudetas depois…

Em O Caminho da Servidão, F.A. Hayek traz um argumento elaborado e importante que é bem resumido, eu acho, por essa observação chave de David Friedman (recentemente mencionado em um comentário nesse post, por Walter Clark): Economistas são frequentemente acusados de acreditar que tudo – saúde, felicidade, a própria vida – possa ser medido em dinheiro. O que realmente acreditamos é, na verdade, ainda mais estranho.…

Close